domingo, 9 de março de 2008

química causa reações filosóficas: fernandamente comprovado.

Caros leitores (eu sempre quis escrever isso *-*), ando um pouco ocupada com as minhas tentativas frustradas de tentar estudar, e por isso está mais difícil ainda manter isso aqui atualizado (como se alguma vez isso aqui já ficou atualizado.. mas tudo bem). Estou no terceiro ano, então já fica subentendido!

Motivo pelo qual estou postando hoje? Bem, é que eu deveria estar estudando química, mas cada vez que eu chego perto da apostila eu começo a bocejar. São os efeitos químicos colaterais causados nas humanas. Uma vez que a cura para esses efeitos, é um pouco de atividades da MINHA área, aqui estou escrevendo.

Mais do que em busca da cura para esses efeitos colaterais, estou aqui postando pelo simples motivo de estar feliz. E quando estou assim, tenho vontade de que o mundo todo saiba. Como isso não é possível, quem apenas ler esse parágrafo ficará sabendo! ;)

Ando me encantando a cada dia mais com o jornalismo, ou pelo menos tentando, já que até o atual momento presente (pleonaaasmo) decidi que quero ser uma jornalista! Estou tentando ler o máximo de informações possíveis sobre essa profissão. Achei pontos baixos e altos, mas até agora os altos me encantaram mais do que os baixos me decepcionaram, e eu espero que assim seja, sempre!

Não tem acontecido muita coisa em minha vida. Mas o que acontece eu ando tentando dar valor. Pessoas entram e saem, mas ficam aquelas que realmente importam. Não me pergunte por que estou a dizer isso. Só um momento de filosofar (Priscila ia amar isso, pra quem não sabe, a professora de filosofia).

Isso estava num manualzinho para "escrever bem" no blog da folha:

"Aprenda com as críticas: Ouça-as, mesmo que pareçam injustas."

Eu digo: atire o lixo que eu posso tentar reciclar!

Resumindo: EU NÃO SOU UMA LATA DE LIXO!

O que isso tem a ver comigo? Bem, só estou treinando para quando receber críticas pesadas não voar em cima do desgraçado(a).

Felicidade, jornalismo e filosofias inúteis à parte, tenho que voltar para a química!

ps.: a foto é para refletir, em duplo sentido! ;D o que julgamos ser certo, é certo? ou apenas é certo por que nós desejamos que seja certo? Se parar para pensar, geralmente o que é certo, é o que dominamos na palma de nossas mãos. Reflita, ok?

ô uô... listen to the music: a winter’s sky – the pipettes ~

obrigada pela atenção!

;*

3 comentários:

Nathalia disse...

ah, como eu AMO ler o que você escreve *-*



por mais que jornalismo não tenha um mercado de trabalho muito bom. eu sei que é muito dificil arranjar um trabalho fixo e talz, e você sabe mais disso que eu !

ontem, minha vó perguntou o que você ia fazer e eu disse 'jornalismo'. ai ela "mas jornalismo é muito dificil de arranjar um emprego e tudo o mais .. a filha da simone tá penando pra arranjar um trabalho fixo".
e o que eu fiz ? nada, fiquei quieta ..

porque EU acredito em você !
VOCÊ vai longe *-*

TE AMO TANTO :*

tata disse...

Hum..
Priscila ia adorar mesmo esse texto.
ashsahusauhhusahuashusa
Vou ter que evoluir um pouco mais na minha análise de texto pra conseguir interpretar aquele último parágrafo. Sabe como eh, ainda estou na fase denotativa da análise.
(y)

Ferr.
Eu já te disse.
Vc vai ser uma jornalista excelente.
Mesmo que tenha que começar na parte dos classificados da folha, Um dia vc será a editora chefe de lá. Boto fé em tu, maaaano.
Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh!
E, quando vc começar a trabalhar na folha, não se esqueça de me arranjar os convites vip, ok?
sahusauhauauasuhas



XD

Anônimo disse...

bom comeco